Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

it's carol

Um blog sobre tudo. Sobre o que me apetecer. Acima de tudo, sobre o que sou.

12.Out.17

Vamos ao Mundial, mas antes eu preciso de descansar!

carol
Está a ser uma daquelas semanas que parece ter tido direito a prolongamento. Houve um empate entre a agitação e o cansaço. Os minutos têm-se estendido para lá do tempo regulamentar, essa é a verdade. O que queria mesmo era fazer uma finta a estes dias compridos e ocupados, chutar para canto o trabalho [que não tem sido pouco] e pedir a substituição por uma semana que me permita, ao menos, usufruir de mais horas de sono. Ser convocada [pelas tarefas da vida] tem o seu lado bom, (...)
18.Set.17

Ainda sei olhar para o calendário

carol
Ainda no ritmo lento do regresso às rotinas, apercebi-me que a memória falha em coisas simples. Uma delas no calendário. Já não me lembrava o que era dividir a semana em dias, nem os dias em horas. Reavivo agora a memória e [no mesmo calendário onde há um mês ser segunda ou sexta-feira tinha exatamente o mesmo significado] reaprendo a viver as sextas e a sobreviver às segundas. Já não sabia qual era a sensação de já ser quarta-feira, a metade, o meio-da-semana, o (...)
02.Mai.17

E quando a semana tem menos dias úteis?

carol
Estamos completamente formatados para viver os cinco dias úteis da semana e [supostamente] descansar nos outros dois dias [sábado e domingo]. E quando há feriados? É suposto desformatarmos? Ontem [segunda-feira] parecia-me domingo. Hoje [terça-feira] parece-me segunda. É muito estranho porque agora só volto a "formatar" quando for sábado novamente. Não sei se acontece convosco, comigo é assim. Esta semana vou andar sempre com um dia em atraso. Deveria ser possível puxarmos um (...)
10.Mar.17

Conheci o Diogo Morgado e... apaixonei-me!

carol
Semana muito atribulada [muitooo!]. Quer dizer, se calhar nem foi tão atribulada assim. O sono com que acordei segunda-feira permaneceu até hoje e o bom tempo [este verão que decidiu aparecer em março] parece que veio para dar mais força à preguiça que esta semana decidiu agarra-se à minha mochila e acompanhar-me para todo o lado. Adormeci duas vezes de manhã [mas não me atrasei para nada]. E quase me mudei [como quem muda de casa] para os espaços de estudo da faculdade. O (...)