Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

it's carol

Um blog sobre tudo. Sobre o que me apetecer. Acima de tudo, sobre o que sou.

28.Mar.17

O refeitório da minha universidade

Os meus últimos dias têm-se resumido muito a estar na universidade [para não dizer: viver na universidade]. Sou das primeiras a chegar [sempre que os transportes cooperam] e muitas vezes fico até ao fim [tipo, final da tarde/início da noite]. Que eu saiba, não há nenhuma competição a decorrer para "Quem passa [e se passa!] mais tempo na universidade", mas se houvesse eu ficaria num lugar do pódio, podem ter a certeza. O que quero dizer com tudo isto é que passo o dia aqui [estou , claro!]. E, como já disse, estou cá muito tempo por isso tenho de me entreter com alguma coisa [um universitário também merece entreter-se, mesmo que tenha de o fazer na universidade]. Por exemplo, a hora de almoço é algo que me entretém. Almoço no refeitório e é uma das partes do dia que mais gosto. Primeiro, porque é a hora de almoço [quem é que não adora uma boa hora de almoço?!] e segundo porque no refeitório é onde todas as pessoas [com fome] se reúnem. Os alunos, os professores, os funcionários e até pessoas que não pertencem à universidade [sim, as refeições aqui são muito boas]. É um ambiente diferente. As conversas saltam de tabuleiro em tabuleiro. Os talheres apoiam os mais esfomeados e misturam nos pratos diversas nacionalidades. Bebem-se novos vocabulários e provam-se diferentes dialetos. As idades juntam-se numa salada de frutas e no fim todos se conhecem, desconhecendo-se tanto. Aquele refeitório é um mini aeroporto. Cada um viaja para o seu destino, transporta tudo o que precisa para que nada falhe durante a viagem e ali para [porque tem mesmo de ser]. A agitação é semelhante à de um aeroporto [transportam-se menos bagagens, só isso]. E ninguém tem vergonha de mostrar quem é, de onde é e como é [porque está com fome e porque todos os outros também estão com fome para dar importância a "descriminaçõezinhas"]. Neste refeitório, anda tudo a viajar na maionese. Que é como quem diz [porque somos muito saudáveis], anda tudo a viajar na ementa do dia. 

 

Têm de vir cá almoçar [e viajar um bocadinho],

 

Carol

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.