Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

it's carol

Um blog sobre tudo. Sobre o que me apetecer. Acima de tudo, sobre o que sou.

30.Dez.18

Marias não há assim tantas

Em época de brindar ao ano novo [e ao velho, para sermos completamente justos e não o despedirmos sem nos despedirmos convenientemente] o som dos copos de cristal a tilintar é música para muitos ouvidos. Nesta altura em que se bebe e deseja em medidas igualmente consideráveis [e desmedidas de noção], percebo que tenho despejado pouco líquido realmente apetecível no it's carol. Ando afogada noutros recipientes e quando alcanço a superfície sinto demasiada vontade de repor a respiração para ter tempo e vontade de me ocupar com outras coisas. Não deixei de escrever, isso é o que mantém o meu copo sempre cheio. Só tenho precisado de desfrutar da ressaca que é fazê-lo apenas para mim. Por isso, aproveito o momento em que todos fazem balanços para balançar aqui a promessa de um início de 2019 com um regresso a sério ao it's carol. Tenho muito para vos contar [mas isso fica para o ano, ok?]. 

Não tinha agendado regressar antes da agenda mudar. Não sei se por esperar as páginas em branco, se para desfrutar das que ainda sobram e estão por preencher, contudo, a verdade é que aqui estou eu. A falar de brindes, depois de me brindarem com esta caneca [têm de ver a foto]. E não só. O seu significado vai para lá do aspeto material. Foi a minha amiga Maria. E se há muitas Marias na terra, não há nenhuma terra que tenha uma Maria como esta. A Maria diz-me que é fã do que escrevo no it's carol e eu sei muito bem o que ela quer dizer com isso. E [reparem na ironia] nunca seria capaz de escrever algo que fizesse jus ao significado que cada uma das suas palavras tem para mim. E a verdade é que tive vontade voltar depois de andar tanto tempo "perdida em combate". Sabem aquelas pessoas que são mesmo pessoas-das-boas? Aquelas para quem vocês olham e não têm dúvidas nenhumas de que merecem viver num mundo tão bom como elas? Uma dessas pessoas é a 'minha' Maria.

Não quis perder o momento do brinde. Agora só "tilinto" de caneca. Até calha bem. Sempre achei que ficava estranho beber água/leite/chá/qualquer-coisa-sem-álcool num copo de champanhe. Aliás, digo-vos mais: o que se bebe de melhor nesta vida são as pessoas que nos rodeiam. Em qualquer ano, em qualquer estado físico. 

Despeço-me assim, toda vaidosa com a minha caneca personalizada, sem verbalizar grandes desejos de ano novo nem recordações do ano velho. Que haja estado líquido suficiente em 2019 para beber e também mergulhar [que isto de beber para esquecer também é válido para pirolitos]. E não me venham dizer que a Maria vai com as outras. Sei bem que esta vem comigo [pelo menos para 2019!].

 

Marias não há assim tantas. Que encontrem a vossa em 2019. Feliz ano novo!

 

Carol

 

IMG_6163.JPG

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.