Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

it's carol

Um blog sobre tudo. Sobre o que me apetecer. Acima de tudo, sobre o que sou.

30.Mar.18

Com ou sem pipocas? [#3]

Não vi quase filme nenhum nomeado para os Óscares de 2018 antes da cerimónia. Apesar da academia nomear e premiar os "melhores", isso não significa que para mim esses sejam os "melhores" filmes do ano. Nada disso. Às vezes, há prémios que são injustos. A meu ver. É sempre impossível agradar a todos, não é? Mas, estatuetas à parte, entretanto já vi alguns dos nomeados, aqueles que me despertavam realmente a atenção. Pertenciam, claro à lista de Filmes-Para-Ver-Quando-Tiver-Tempo-A-Sério. Não me deixaram nada mal, por isso estou aqui mortinha por partilhá-los convosco!

 

[ Se estiverem interessados, podem clicar em cima dos cartazes e, assim, assistir aos trailers dos respetivos filmes ]

 

Eu, Tonya

Que filmaço! Tinha as expectativas baixas, preparei-me para duas horas em que desperdiçaria tempo e não podia estar mais errada. Bom do início ao fim. O humor negro, o timing de tudo, as personagens e a montagem. Margot Robbie não podia brilhar mais neste papel.

Eu, Carol, não podia ter gostado mais!

i-tonya-121439.jpg

 

The Greatest Showman

Um dos meus preferidos. Vi duas vezes. Um musical como não via há muito. Uma história que se baseia na diferença, mas que não se centra apenas nela. Retirei outra mensagem que não apenas a aceitação do incomum: podemos não ter nada, mas nunca seremos felizes quando quisermos sempre mais do que aquilo que podemos ter. As músicas surgem quando assim faz sentido e a banda sonora é para lá de boa [e está toda aqui]. The Greatest Showman entrou diretamente para os meus preferidos.

Se a vida fosse um musical era tão mais divertida!

the-greatest-showman_ps_1_jpg_sd-low_c-2017-twenti

 

Guia para um Final Feliz

Quando um filme conta com Bradley Cooper, Jennifer Lawrence e Robert de Niro no elenco o que é que há para correr mal? Se virem o filme depois conversamos sobre isso. É de 2012 e valeu à protagonista o Óscar de Melhor Atriz. Se fosse eu mandar, as estatuetas tinham-se distribuído por todo o elenco. Tem comédia e os dramas da vida. Ambos na dose certa para percebermos que há sempre espaço para a loucura e, ainda assim, a possibilidade de finais felizes.

É um bom guia para nos mostrar como estamos sempre a tempo de começar de novo. 

the-silver-linings-playbook-movie-poster-2012-1020

 

Três Cartazes à Beira da Estrada

Queria muito ver este. Era o maior candidato à vitória. Até eu, que não o tinha visto a tempo, acreditava que seria o grande vencedor. Inevitavelmente, vence. A história, o elenco e a brilhante Frances McDormand. Não é, de todo, o género cinematográfico que mais aprecio, contudo é daqueles filmes que prende até aqueles que se fazem de esquisitos. 

E é diferente, muito diferente...

00000-979.jpg

  

E vocês, já viram algum destes filmes? A qual, ou a quem, acham que ficou a faltar a famosa estatueta na prateleira lá de casa? 

 

Carol

2 comentários

  • Imagem de perfil

    carol 03.04.2018 14:27

    É uma ótima opção ver o I, Tonya!

    Gostei bastante do filme Silver Linings Playbook. Nunca li o livro, mas agora fiquei curiosa. Vale a pena?
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.