Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

it's carol

Um blog sobre tudo. Sobre o que me apetecer. Acima de tudo, sobre o que sou.

15.Abr.17

A tua Páscoa é diferente da minha [e cada uma é boa à sua maneira]

Fim-de-semana de Páscoa. Fim-de-semana [prolongado] que muitos aproveitam para sair de casa e [com poucas exceções à regra] viajar até outras casas. As dos pais [ou as nossas], dos avós, de família ou de familiares [que só conhecemos mascarados de coelhos da Páscoa]. Não se sintam excluídos se não viajaram ou se o vosso fim-de-semana não foi prolongado pelo feriado de sexta-feira. Mas não podem dizer que se esqueceram que estamos na Páscoa [ontem deu na televisão o filme em que o Diogo Morgado representa o papel de Hot Jesus e isso não pode passar despercebido]. Este ano viajei [caso contrário esta conversa toda tinha sido desnecessária] e já vi alguns coelhos da Páscoa por aqui. Quer dizer, qual é a diferença entre um coelho da Páscoa e um coelho "normal"? É a mesma diferença que há entre o Pai Natal e o nosso Pai? [se estou a destruir os vossos sonhos então esqueçam o que escrevi] Mas estamos numa época familiar, de recordações e de viagens [mesmo que o lugar seja o mesmo do resto do ano ou que a sexta-feira seja pouco ou nada santa]. É, muitas vezes, o regresso às tradições [às distribuições das amêndoas e dos ovos de chocolate]. Muitos não sabem o verdadeiro significado da Páscoa [e outros nem sequer se importam]. Acho que isso não é problema, porque independentemente do significado que cada um atribui a esta altura do ano, a felicidade é uma das coisas que mais se sente no ar. Inclusive, deve estar cientificamente comprovado que a Páscoa provoca aumentos significativos no bem estar das famílias [no valor da conta dos almoços nos restaurantes, nos anúncios aos folares, no tamanho dos ovos de chocolate e no peso da maioria da população]. As pessoas unem-se sempre que essa união envolve comida, já pensaram? E, não importa o que, verdadeiramente, significa a Páscoa. Importa como cada um a vive [e como esta época reúne famílias e coelhos].

 

O restaurante onde estou a escrever este post está cheio de famílias [aparentemente felizes e cheias de fome]. Tenham uma Páscoa feliz,

 

Carol

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.