Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

it's carol

Um blog sobre tudo. Sobre o que me apetecer. Acima de tudo, sobre o que sou.

22.Ago.17

Aproveitar o que resta do verão

carol
De regresso. A casa, mas ainda não às rotinas. Sobram uns dias para encerrar as férias de verão deste ano. Por enquanto, arrumam-se as bagagens e repõem-se no lugar tudo aquilo que também teve direito a férias. Fica a sensação do relógio traiçoeiro que empurra as horas demasiado depressa e faz os dias passarem a correr. Nunca há só descanso, mas há sempre o cansaço bom dos dias longos e bem aproveitados. Até é estranho voltar. E [sem volta a dar] volta-se depressa, a (...)
10.Ago.17

Caminhos que mudam de cor

carol
De malas feitas e bagageira cheia [um clássico] vínhamos preparados para aquele que é o momento [tão esperado no resto do ano] em que escrevemos juntos, durante longos dias, a palavra “férias”. Letra a letra, sem pressa, para que possamos gozar cada traço e acentuar o verdadeiro significado da palavra. Férias em família, o que há melhor do que isso? E vínhamos bem, para bem longe daquilo de que estamos sempre tão perto. Quando, em plena auto estrada, nos vimos rodeados por (...)
10.Jul.17

A literatura no cinema

carol
Nestes primeiros momentos das minhas férias tenho aproveitado para pôr a leitura em dia [como fiz questão de referir aqui e aqui]. Quero muito escrever no blog um pouco sobre as páginas que ando a folhear, mas isso fica para um dia destes. Hoje recupero um texto [na verdade, um excerto de um texto] que (...)
23.Jun.17

Mãos ao alto, estou de férias!

carol
Oficialmente de férias. Nos primeiros momentos em que me apercebo disto penso: "e agora o que é que se estuda? como é que se ocupam os tempos livres? o que é que são férias?". Uns segundos depois dou por mim deitada no sofá pronta para não fazer nada durante os próximos dois meses. É incrível esta nossa capacidade de adaptação às férias, não é? O regresso dos tempos livres, do desligar do despertador das 6h da manhã, do não querer saber sequer que horas são, do (...)
26.Abr.17

Escrever à mão [ainda sabem como isso se faz?]

carol
Estive de férias da faculdade durante três semanas. Retomei [supostamente] a rotina de estudante universitária hoje. É sempre difícil voltar a acordar às 6 da manhã todos os dias, mas nem tudo é mau [aliás, pouca coisa é má, tirando o facto de já não poder passar o dia sem fazer nada]. E depois destas três semanas voltei a escrever à mão. Não sei se já vos aconteceu [a mim acontece-me sempre que passo alguns dias sem pegar numa caneta para escrever num papel] sentirem (...)