Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

it's carol

Um blog sobre tudo. Sobre o que me apetecer. Acima de tudo, sobre o que sou.

03.Ago.17

Vou ser uma avó bué cool?

Em conversa com os meus amigos [aquelas conversas que metem ao barulho todo o tipo de assunto a que ninguém consegue ficar em silêncio] questionámo-nos sobre como vamos ser quando formos velhos. Temos 19 anos. Gostamos de pensar muito à frente. Começámos a imaginar-nos com 80 anos. Chegámos à conclusão que vamos ser uns velhos muito avançados para o nosso tempo. E como é que chegámos a esta conclusão? Simples. Quando formos velhos vamos dizer coisas como "ya", "bué", "lol" e outros "estrangeirismos" [uns mais internacionais que outros] no meio das frases, sabemos mexer [com alguma perícia] em telemóveis e computadores [e tudo o que envolva alta tecnologia], podemos [com orgulho] dizer que fomos das primeiras gerações a criar conta no facebook e no instagram e até selfies sabemos tirar. Quem é que não vai querer um avô ou uma avó assim? Portanto [pela lógica da coisa] quando formos velhos vamos estar muito mais à frente do que os nossos netos. E agora vocês perguntam: têm 19 ou 9 anos? Pois. Sabem como é. Foi uma conversa daquelas onde mexemos no relógio. Avançámos os nossos ponteiros e deixámos todos os dos outros exatamente onde estavam. Fizemos a coisa como nos deu mais jeito. Queremos lá nós que haja uma geração mais avançada que a nossa, que nos deixe envelhecer com o tempo, que viva num mundo mais evoluído que aos poucos nos vai calando os "bués", substituindo os smartphones de última geração, atualizando os "facebooks" e os "instagrames" e tirando fotografias que não se limitem a espelhar os nossos próprios rostos. Qual é a geração que não quer ser [para sempre] a geração mais atual [aquela que acha que sabe tudo]? 

 

Por enquanto, gostamos de pensar que daqui a 60 anos ainda andamos cá para as curvas, mesmo sabendo que o mundo há-de decidir seguir em frente. 

 

Carol

 

IMG_2404.JPG

3 comentários

Comentar post