Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

it's carol

Um blog sobre tudo. Sobre o que me apetecer. Acima de tudo, sobre o que sou.

12.Jul.17

As obras que a vida dá...

A casa ao lado está em obras. Desde cedo, há uns tempos. Bom, todos sabemos [e não vamos estar cá com coisas] que uma obra vem sempre acompanhada por uma banda sonora [que suscita em todos os ouvintes aquela vontadezinha de pedir para mudar de música ou até para desligar o som]. Não é de todo agradável [mas isto também não se trata dos discos pedidos e, se pudesse, eu pedia que todas as obras tivessem um botão que nos permitisse silenciar todo o ambiente que as envolve]. E o que é uma obra sem barulho? É o mesmo que uma evolução sem o som da mudança? Tenho ouvido de perto [e bem alto] a reconstrução da casa vizinha e isso tem me feito pensar [debaixo de algum ruído] porque nos aproximamos e afastamos das pessoas, porque se aproximam ou se afastam as nossas pessoas, porque martelamos muitas vezes nos mesmos assuntos, porque deitamos abaixo algumas paredes, porque tentamos abrir novas portas, porque reconstruimos aquilo que em tempos só precisámos de construir. Se calhar, só conseguimos olhar para as obras dos outros. Se calhar, não ouvimos o nosso ruído [porque não conseguimos ou porque não queremos]. Se calhar, custa-nos admitir que mudamos e [para bem do resultado final] evoluímos. Estamos sempre em obras [connosco próprios, não tenham dúvidas]. É por isso que nos é difícil encontrar o silêncio. É por isso que estamos sempre a tentar pregar o mesmo prego. As obras são uma coisa chata [não mintam porque é verdade], mas a partir do momento em que estão concluídas depois é só ir dando um jeitinho aqui e ali. Espero que assim seja com a obra aqui do lado. E com tantas obras que por aí andam a precisar de mudar de empreiteiro. 

 

A casa está a ser reconstruida de raiz. Já se vai vendo o telhado. Há músicas que já não suporto outras vão-me entretendo e deixam-me a pensar que devíamos reparar mais nos tijolos que nos faltam a nós do que aos outros. 

 

Carol

 

IMG_1373.JPG

1 comentário

Comentar post