Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

it's carol

Um blog sobre tudo. Sobre o que me apetecer. Acima de tudo, sobre o que sou.

21.Jul.17

As amizades acertam-se com o tempo

Este post só faz sentido hoje. Porque é sobre amigos. Porque ontem foi o dia deles. E muitos amigos só devem ter percebido isso hoje. Sabem como é, os amigos atrasam-se [vocês são amigos e sabem disso]. Essa característica devia constar na definição de amigo ["aquele que tem com alguém uma relação de amizade"]. Por isso, um dia depois, aqui estou eu [como boa amiga que sou] a escrever sobre o dia dos amigos. Os amigos não cumprem horários [e muito menos regras]. Os amigos [para além de chegarem atrasados a tudo aquilo que é combinado] fazem-nos perder a noção do tempo. Esquece aquele amigo que te faz olhar para o relógio, foca-te naquele que te faz esquecer das horas. É essa a diferença entre um amigo e um conhecido. Com os conhecidos, fazemos a chamada "conversa de circunstância". Com os amigos, fazemos a circunstância e deixamos de lado a conversa. E não importa o número de amigos que tens [dessa conta trata o facebook], importa o amigo que [mesmo não tendo relógio] vai tentando adivinhar as horas que te fazem feliz e os minutos em que mais precisas de um abraço. As amizades não se constroem em segundos, mas acertam-se com o tempo. Essa é a melhor prenda que podemos dar a um amigo: tempo. O nosso, o dele e o que partilhamos. Sim, os amigos atrasam-se. Às vezes, atrasam-nos. Mas quando chegam, vêm para ficar. E [se tiveres os melhores amigos do mundo] vais perceber que vale sempre a pena esperar. Aprende, para um amigo o "estou aí em cinco minutos" sempre será "podes esperar sentado, o telemóvel ainda está a carregar e depois ainda vou tomar banho". Nada de mais. E, mesmo que nem todos os amigos sejam assim, há um [pelo menos um] que nunca chega a horas. Ele é que está correto. Os amigos não têm pressa. Há uma mensagem a reter: os amigos não picam o ponto, eles picam-te a ti.

 

Aqui está, um dia depois. Para não quebrar a pontualidade das melhores amizades. 

 

Carol

3 comentários

Comentar post