Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

it's carol

Um blog sobre tudo. Sobre o que me apetecer. Acima de tudo, sobre o que sou.

it's carol

Um blog sobre tudo. Sobre o que me apetecer. Acima de tudo, sobre o que sou.

A nova Cristina [da mesma Cristina que todos conhecemos]

Comprei a primeira edição da nova revista da Cristina Ferreira [que mantém o nome continuando a chamar-se Cristina]. Muito se falou sobre o fim e o início do projeto e muito se continuará a falar [porque as pessoas acham que devem dizer sempre alguma coisa mesmo quando nada há a dizer]. Mas digam o que disserem a revista é um sucesso de vendas porque merece e porque tem tudo para o ser. São os 3€ mais bem gastos numa revista como esta [que tem tudo o que se espera e o que não se espera]. As capas cativam e muitas vezes superam as expectativas quanto ao que vem no interior. É uma boa leitura para descontrair, rir e descobrir quem está do outro lado das palavras impressas nas folhas. Comprei algumas edições da "antiga Cristina", mas a esta [a nova] não podia falhar. Era obrigatório ver o que mudou entre as duas. Ainda para mais, a entrevista principal é feita pelo Manuel Luís Goucha à própria Cristina [e a capa é diferente do óbvio, têm mesmo de ver!]. E tudo, mais uma vez, faz sentido. Nem o local da entrevista foi escolhido ao acaso: um palácio em obras, de restauro e recuperação [interpretem como quiserem, mas a minha interpretação fez com que escorregasse devagar numa conversa entre duas pessoas que se conhecem e compreendem depressa]. Vou sempre admirar esta dupla. E manter por perto a primeira edição da nova Cristina. Porque o que para foi dito, e agora foi escrito, serve para qualquer um de nós. Os que sonham. Os que não baixam os braços e os que [mais tarde ou mais cedo] acabarão por vencer. Parece um cliché. E talvez seja por isso, por pensarmos que sabemos tanto sobre tudo, que não se conhecem todas as Cristinas que andam por aí. Não é fácil começar do zero, mas é tão prazeroso alcançar outros números [mesmo que isso implique passarmos anos a fazer contas]. 

Sinceramente, acho que de uma Cristina para a outra pouco se alterou e a essência manteve-se [tal como os textos, as capas, as fotografias e tudo aquilo que adoro e me faz comprar a revista]. Talvez tenha sido "apenas" mais um "começar do zero" que a vida tanto precisa para treinar a matemática das contas grandes [porque esta edição, tenho a certeza, vai mexer com grandes números]. 

Parabéns, Cristina! Pode ser que despertes nas pessoas [e em todas as Cristinas que por aí andam] a vontade de pegar na calculadora e começar a fazer contas à vida [e  encarar nos zeros o início da concretização dos sonhos numerosos].

 

Não vos conto mais. Se puderem, leiam [e desfrutem],

 

Carol

capa-revista-cristina-ano-3-25-1.jpeg

8 comentários

Comentar post

Quem sou eu?

imagem de perfil

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D